Reunião com secretário da SSP
Reunião com secretário da SSP

O deputado estadual Ricardo Ayres (PSB) apresentou nesta quinta-feira, 7, o pedido de instauração de inquérito policial junto à Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP) para apurar agressões e calúnias às quais sofreu por meio das redes sociais.

A representação criminal foi protocalada na tarde desta quinta-feira, 7, na Secretaria. Na ocasião, Ayres se reuniu com o titular da pasta, Cesar Roberto Simoni de Freitas, e o delegado geral da Polícia Civil, Claudemir Luiz Pereira, quando também foi entregue um conjunto de documentos com ameaças e ofensas recebidas e divulgadas nas redes sociais contra o parlamentar, além de nomes dos supostos autores.

Ayres foi alvo de virais nas redes sociais que contém inverdades sobre a sua atuação parlamentar e quanto a sua postura, por exemplo, diante de benefícios. “Eu não recebo auxílio moradia e a verba de gabinete é usada exclusivamente para pagar os servidores”, observa Ayres.

O parlamentar enfatiza ainda que respeita as críticas, o que é próprio do exercício democrático, mas não vai admitir calúnias e difamação. “Defendo a liberdade de expressão, mas ninguém tem direito de macular a honra alheia sem apurar os fatos. As críticas são bem-vindas, mas sem xingamentos ou ofensas.”

O secretário informou que já encaminhou as providências no sentido de apurar os fatos. “Já encaminhei a representação à Delegacia Geral de Polícia para tomada de providências imediatas no sentido de designar um delegado para investigar e identificar os possíveis autores”, informou Simoni.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.