Após quatro rodadas e a dois pontos do topo da tabela, o Ricanato decidiu reforçar a equipe para a sequência do Tocantinense 2016. A diretoria anunciou a contratação do atacante Cicinho, do lateral direito Pedro Balú e do zagueiro Moacri. O objetivo é fortalecer o grupo com jogadores experientes, mesclando com a juventude do atual elenco.

Pedro Balú já vestiu a camisa do Ricanato em 2014, quando foi o capitão da equipe na disputa da segunda divisão do Campeonato Tocantinense. Com 29 anos, 1,75m e 69kg, o lateral direito natural de Dois Irmãos (TO) estava no futebol paraense. Ele tem passagens por clubes como Remo (PA), Rio Branco (AC) e São Caetano (SP).

Já Cicinho, de 29 anos, chega do futebol alagoano. O atacante tem como qualidades a velocidade e o chute preciso. Já vestiu a camisa de clubes como o Asa de Arapiraca (AL) e fez história no campeonato Pernambucano. Cicinho é natural Palmeira dos Índios, tem 1,66m e 64kg.

O terceiro reforço do Ricanato é um velho conhecido dos tocantinenses. Moacri Alves Feitosa Neto é natural de Xambioá e defendia as cores do Santa Rita (DF), mas já jogou pelo Campinense (PE), Brasiliense (DF) e tem passagens por clubes do Tocantins, com Palmas FR, Tocantins de Miracema e Gurupi. Moacri tem 34 anos 1,85m e 78kg.

O Ricanato está com 7 pontos e visita o Tocantins de Miracema neste sábado, 23, na luta para retomar a liderança do Tocantinense 2016. Cicinho e Pedro Balú podem estrear já neste fim de semana. Moacri ainda aguarda inscrição no Boletim Informativo Diário da CBF.

Cicinho
Cicinho
Pedro Balú
Pedro Balú
Moacri
Moacri
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.