Encontra-se recolhido na carceragem da Cadeia Pública de Trindade (GO), Helivan Gomes Rodrigues, vulgo “Tatuagem”, principal suspeito de matar a golpes de faca, José Ribamar Moreira Lima, crime ocorrido, no dia 3 de dezembro de 2015, em Itacajá. Helivan Gomes Rodrigues foi preso, no município Goiano, após investigações realizadas pelos policiais civis da delegacia de Itacajá, coordenados pelo delegado Marco Aurélio Barbosa Lima.

Conforme o delegado, investigadores da Polícia Civil de Itacajá conseguiram informações de que “Tatuagem” estava morando em Trindade, depois de praticar o homicídio no Tocantins. Um dos investigadores da Polícia Civil tocantinense acionou a polícia goiana, a qual efetuou a prisão de Helivan no local indicado pelo investigador.

As investigações da Polícia Civil de Itacajá apontam que Helivan matou José Ribamar com vários golpes de faca nas costas e na barriga, motivado por vingança. Em 2008, o suspeito já havia tentado assassinar a vítima com golpes de faca, no entanto, na época dos fatos, Helivan foi julgado e absolvido.

Após ser preso, Helivan foi encaminhado ao presídio de Trindade, onde permanecerá à disposição do poder judiciário de Itacajá, município para onde deve ser recambiado a fim de responder pelo crime que é acusado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.