Pelo menos 12 Estados e o Distrito Federal já atingiram níveis epidêmicos de dengue neste ano, segundo o mais recente boletim epidemiológico do Ministério da Saúde. A alta de infectados nessas unidades da federação fez o País também entrar em situação de epidemia, quando o índice de incidência da doença ultrapassa 300 casos por 100 mil habitantes.

Considerando dados de 1.º de janeiro a 2 de abril, os últimos disponíveis, já são 802,4 mil registros de dengue no País, 13% a mais do que no mesmo período do ano passado, quando 705,2 mil pessoas ficaram doentes. Com o volume de casos, o País chegou ao índice de 392,5 casos por 100 mil habitantes. A epidemia se instaurou com duas semanas de antecedência em comparação com o ano passado. Hoje, a taxa de incidência da doença ultrapassou esse nível na 13.ª semana epidemiológica. Em 2015, isso havia ocorrido na 15.ª semana.

Tocantins

No Estado do Tocantins a situação é preocupante, os casos de dengue, neste ano de 2016, aumentaram em 71%.  No ano passado entre janeiro e abril foram registrados 8.016 casos. De janeiro a abril de 2016, as notificações chegam a 13.682.

De acordo com a Secretaria da Saúde (SESAU), dos 139 municípios, 128 notificaram casos de dengue, mas a prioridade no combate se concentra em 15 cidades, onde foi notificado o maior número de vítimas.

O órgão disse que dois óbitos foram registrados em Palmas e Peixe, mas não é possível afirmar se foram ocasionados pela doença.

Os  casos suspeitos de Chikungunya também aumentou em relação ao ano de 2015, em 2016 foram notificados 806 contra 271, no ano passado.

Os casos de zika também são preocupantes. 7.685 casos suspeitos já foram registrados de janeiro a abril deste ano. No ano passado, foram 1.086.

Mapa da dengue
Mapa da dengue
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.