IMG-20160403-WA0096Um dos assaltantes mortos durante uma troca de tiros com um policial militar em Palmas foi velado na câmara de vereadores de Barrolândia neste domingo (3), região central do estado. O fato viralizou na web, juntamente com a imagem de bandeiras a meio mastro supostamente no local, e deixou internautas revoltados. (Veja o vídeo)

Em um comentário recebido pela TV Anhanguera, um telespectador diz: “é um disparate sem tamanho a câmara de vereadores de Barrolândia abrir as portas para velar um bandido que matou um soldado da Polícia Militar. É uma vergonha para a casa de leis e um incentivo à criminalidade. Os vereadores precisam se explicar.”

Procurado, o vereador Paulo Valdez (PSDB), presidente da câmara, disse que a foto que está circulando pela internet não é autêntica. Segundo ele, as bandeiras ficam dentro do prédio e não na parte externa como aparece na imagem.

Sobre o suspeito ter sido velado na câmara, o vereador disse que não se tratou de uma homenagem e os vereadores apenas atenderam ao pedido da família, que é uma das pioneiras e mais tradicionais da cidade de Barrolândia.perfil

Entenda

O soldado Ivan Borges de Lima, de 31 anos, morreu na última sexta-feira (1º) durante uma tentativa de assalto a uma empresa na quadra 1.012 Sul, em Palmas.

Segundo testemunhas, ele fazia a segurança do local e teria reagido ao assalto. Houve troca de tiros e os dois criminosos morreram no local, um deles em cima de uma motocicleta.

O enterro do corpo do soldado da Polícia Militar, Ivan Borges de Lima, foi marcado por homenagens de parentes e amigos de corporação na manhã deste domingo (3), em Palmas.

Durante o cortejo, o corpo seguiu em um carro do Corpo de Bombeiros. Dezenas de viatura das Polícias Militar e Civil fizeram o trajeto que durou 40 minutos.(G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.