Marcos Milhomens, Publicitário
Marcos Milhomens, Publicitário

Palmas será a capital do mundo mais uma vez.
Depois do sucesso inquestionável dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas. Os olhos do mundo novamente se voltam para Palmas.
Exatamente.
Aqui pra nossa cidade.
Vamos realizar a edição do IRON MAN. Um evento esportivo mundial. Com a presença dos maiores atletas de resistência do planeta. Palmas estará sob holofotes internacionais mais uma vez e em menos de um ano.
A capital mais nova da federação, essa cidade com Índice de Desenvolvimento Humano que beira a cidades europeias, essa cidade que, mesmo apesar de nova, descobriu-se capaz de desafiar a lógica midiática de tempos difíceis. Capaz de avançar à margem de uma crise econômica brutal que assola o país .
Que conseguiu em três anos dar um salto significativo de crescimento e modelo de gestão .
Essa cidade que, tem um pouco de cada um de nós e que todos nós ajudamos a construir, avança a passos largos.
Mas infelizmente nem tudo são flores.
E se tratando de política então , mais espinhos que flores.
Há quem diga que esses eventos internacionais realizados em nossa cidade “não servem para nada”
É a  inesperada capacidade de pensar pequeno.
De forma limítrofe . Medíocre .
O problema de alguns é essa interdição ideológica. Essa concepção colonizada.
Essa burrice de insistir em pensar que Palmas é pequena. Apenas o quintal de vossas casas.
Sinto muitíssimo em desaponta-lo meu caro, mas essa Palmas não existe mais.
Essa Palmas dos noticiários escandalosos. Das cachoeiras, inegibilidades e cassações, definitivamente não me representa e ficará apenas em uma lembrança de um tempo que não volta mais.
Palmas que não é desse ou daquele “dono”
Que definitivamente não pertence a grupelhos idênticos à capitanias hereditárias.
Os tempos são outros e nossa cidade também .
Eu particularmente posso falar com propriedade por que moro aqui há muitos e conheço cada canto dessa cidade.
Acompanhei cada passo. Cada mudança .
Então posso falar sem medo de errar, Palmas hoje é feita de gente.
De todas e de todos.
Aqui que quero viver e criar meus filhos. Com a tranquilidade, sabiência é fé no futuro.
Por fim , entenda:
Palmas é feita por quem pensa e quer ser grande.
Dá tempo ainda, abra a mente!
Sigamos em frente!

 

Marcos Milhomens, publicitário.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.