Fazendo uso da máquina pública para fazer pré-campanha pelo Estado, o prefeito de Araguaína Ronaldo Dimas (PR), esteve nessa sexta-feira, 2, em Porto Nacional acompanhado dos Vicentinhos pai e filho.

Em uma sala pequena com vários políticos do PR e seus assessores, o pré-candidato a governador Ronaldo Dimas se mostrou desesperado e atacou ferrenhamente o também pré-candidato ao Governo do Estado, prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB). Dimas criticou bastante o modelo de administração de Amastha em Palmas.

O pré-candidato também não economizou críticas ao Governo do Estado, dizendo que o Tocantins perdeu a capacidade gerencial em 2002.

Dimas deve ter se esquecido que depois de 2002, onde segundo ele o estado perdeu capacidade gerencial, ele foi assessor da administração do ex-governador Siqueira Campos, que de acordo com informações é um dos candidatos ao senado em sua chapa nas eleições de 2018.

Dimas apenas falou mal de tudo que é relacionado à administração estadual e governo municipal de Palmas, atacando as administrações, o então prefeito de Araguaína e pré-candidato ao governo do Tocantins se esqueceu de falar de suas propostas e projetos para o Estado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.