A respeito de artigo publicado em blog de política da Capital, na data de hoje, sobre movimento para formação de uma suposta chapa “pura” de candidatos a deputado estadual, os integrantes da “Chapinha” vêm a público esclarecer que:

1º – Um grupo de 35 pré-candidatos que não possuem mandato está organizando uma “Chapinha” para deputado estadual, independentemente de partido;

2º – Essa “Chapinha” tem até 20 dias para se filiar a um partido, que pode ser o PDT, o PEN ou outra sigla à qual a Senadora Kátia Abreu venha a se filiar. Reiteramos que não se trata de defender chapa única, mas de reunir candidatos sem mandato eletivo para fortalecer o grupo de apoio à Senadora Kátia Abreu;

3º – Entendemos que a formação de um grupo de apoio à candidatura da Senadora Kátia Abreu ao Governo do Tocantins não impede que outros grupos, inclusive com mandato, venham a apoiar a pré-candidata.

Fato este que já está acontecendo.

(Integrantes da Chapinha)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.