Senadora Kátia Abreu

Segundo informações, a senadora Katia Abreu, deve se filiar ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) no próximo dia 26 de março e disputará as eleições para governadora do Estado.

O ato de filiação, que deve reunir militantes e simpatizantes do partido e será marcado com a presença do pré-candidato a Presidente da República, Ciro Gomes. Nos últimos meses, Kátia Abreu tem visitado municípios e lideranças do interior e conta com uma ampla base de apoios.

No dia 23 de novembro de 2017, Kàtia Abreu foi expulsa por unanimidade do PMDB pelo Conselho de ética do partido. Sua filiação partidária também foi cancelada.

A ex-ministra da Agricultura no governo de Dilma Rousseff e representante no Senado do Tocantins, votou contra o impeachment da ex-presidenta e fez duras críticas à gestão do peemedebista Michel Temer. Ela também votou contra a reforma trabalhista e se manifestou contrariamente à reforma da Previdência.

A movimentação incomodou os companheiros de partido, que a acusaram de violar o Código de Ética e Fidelidade Partidária, além do Estatuto da sigla, por conta desses posicionamentos.

Nos próximos dias o partido deve divulgar o local do evento da filiação.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.