Upa de Araguaína

Os médicos da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araguaína decidiram paralisar os atendimentos devido à falta de pagamento dos salários desde janeiro.

A decisão foi anunciada nesta terça-feira, 6, pelos próprios médicos, mas a quantidade exata de profissionais que aderiram à paralisação ainda não foi informada. Apenas o atendimento para casos de urgência e emergência serão mantidos.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), que administra a UPA, estão aguardando o repasse de recursos federais e estaduais referentes aos atendimentos de média e alta complexidade para quitar o pagamento com os médicos da UPA e Hospital Municipal. O recurso é pago à Prefeitura e posteriormente repassado para o Instituto executar os pagamentos.

A Prefeitura por sua vez nega que haja atraso de repasses do Município ao IBGH. (Com informações/Araguaína Notícias)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.