Kita Maciel

O próximo sábado, 24 de março, em Gurupi, quando estará a exatos dez dias de renunciar à Prefeitura de Palmas, Carlos Amastha selará um importante apoio para a sua pré-candidatura a governador do Tocantins. Ele dará posse a uma das principais lideranças políticas e da sociedade civil organizada na região sul do Tocantins: o advogado e defensor público Kita Maciel, de 57 anos. A reunião será 9h, na Câmara Municipal.

Juntamente com Kita, o PSB (Partido Socialista Brasileiro) no Tocantins ganhará sua comissão provisória em Gurupi. “Kita Maciel é um dos ótimos quadros que o segmento jurídico possui. Profissional exemplar, tem também uma vida política marcada por ações positivas. É um nome que vem reforçar o PSB, principalmente na região sul, mas respeitado em todo o Estado. O partido ganha muito com seu ingresso e vamos atuar muito ao lado de Kita pelo bem do Tocantins”, disse Amastha.

Vereador por dois mandatos em Gurupi (2004 a 2012), na eleição passada, concorrendo a deputado estadual pelo então PMDB, Maciel recebeu 6.767 votos. Destes, 4.899 foram somente em Gurupi. A chegada de Kita Maciel ao grupo formado por Amastha, pré-candidato ao governo do Estado, é um reforço importante. Há uma semana, Amastha e o pré-candidato a deputado federal Adir Gentil (Podemos) selaram união com o empresário Marco Antônio Feitoza da Costa, o Marquim da ETCam, liderança política do Bico do Papagaio. Ele será coordenador da campanha de Amastha na região do Extremo Norte do Tocantins. Com isso, Amastha marca território com importantes lideranças no norte e sul do Estado.

Palestra a empreendedores

Além dos compromissos políticos, Amastha tem outra agenda importante na região sul do Estado. Na sexta-feira, a convite da Universidade Federal do Tocantins (UFT), ele fará uma palestra sobre empreendedorismo. Participarão, além de professores, estudantes, empresários e lideranças políticas da cidade.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.