Governador Marcelo Miranda e Claudia Lélis, vice

Está na pauta de julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desta terça-feira, 28, o recurso eleitoral que pede a cassação do governador Marcelo Miranda (PMBD). A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do TSE.

O recurso tem como relatora no Tribunal a ministra Luciana Lóssio. Miranda é acusado de captação ilícita de recursos durante as eleições de 2014. Na época, um avião foi encontrado em Goiás com R$ 500 mil e santinhos de políticos do Tocantins, entre eles o governador.

O TSE chegou a confirmar uma data para julgamento, no dia 23 de fevereiro, o que não aconteceu. Na época, o tribunal informou que o processo havia sido enviado para a assessoria de plenário e deveria ser julgado em breve.

O Ministério Público Eleitoral e a coligação opositora moveram ação pedindo a cassação do governador e sua vice, Cláudia Lélis (PV), e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu, em agosto de 2015, pela não cassação dos mandatos, por 3 votos a 2. Assim, a coligação e o Ministério recorreram ao TSE, onde o processo será julgado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.