Para apoiar as micro e pequenas empresas neste momento de retomada da economia, profissionais experientes no mercado de concessão de crédito vão avaliar a capacidade de endividamento dos pequenos negócios e orientar os empresários na obtenção de capital de giro. Os 310 consultores, selecionados pelo Sebrae Nacional entre aposentados de instituições bancárias, atuarão em todo o país. Lançado nesta quarta-feira (15), pelo Sebrae e pelo Banco do Brasil, o projeto Senhor Orientador visa simplificar a concessão de crédito, além de proporcionar o retorno destes profissionais para o mercado de trabalho. A expectativa é que 36 mil micro e pequenas empresas sejam atendidas até o final do ano.

“O crédito pode ser a salvação de uma empresa. É preciso saber, contudo, usar conscientemente os recursos de terceiros e melhorar a gestão financeira da empresa para reduzir as chances de inadimplência. Obter crédito é uma operação complicada que envolve riscos, que precisam ser calculados. Ter consultores experientes do lado faz a diferença nesse processo”, afirma o presidente do Sebrae Nacional, Guilherme Afif Domingos”.

O Senhor Orientador dará início à fase de operação do Programa “Empreender Mais Simples: menos burocracia, mais crédito”, convênio assinado em janeiro entre o Sebrae, o Governo Federal e o BB com o objetivo de simplificar a gestão de micro e pequenas empresas e orientar o financiamento a empresários. “Acreditamos na força das micro e pequenas empresas neste momento de retomada da economia do país. O trabalho dos consultores certamente vai reforçar a atuação especializada do BB no atendimento às MPE”, afirma o presidente do BB, Paulo Caffarelli.

Omar Hennemann, superintendente do Sebrae/Tocantins, afirma que “o clamor dos pequenos empresários por recursos de custeio e investimento é diário. Sem dúvida é um dos gargalos para o desenvolvimento dos pequenos negócios. Assim, chegou em muito boa hora o novo programa com novas formas de atendimento, com essa pegada de orientação ao crédito”.

Ao todo, quase 1,5 mil interessados se inscreveram para trabalhar como consultor de crédito do Sebrae. Participaram do processo aposentados do sistema bancário, com mais de 60 anos e, no mínimo, 10 anos de experiência em análise de crédito e atendimento à pessoa jurídica. Os candidatos passaram por uma seleção e, depois de habilitados, fizeram uma capacitação on-line.

Dividido em três módulos, o curso abordou a missão e o planejamento do Sebrae, as características próprias e definidoras das micro e pequenas empresas, as linhas de financiamento do BB que serão oferecidas e a ferramenta de trabalho de campo que será utilizada na consultoria.

 Como funciona

O empresário interessado em obter crédito deve procurar o Sebrae em seu estado. Ele será encaminhado a um dos consultores credenciados no “Senhor Orientador” para realizar diagnóstico da empresa e avaliar se o financiamento é a melhor solução para o negócio. A consultoria será presencial, com duração de quatro horas.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.