A atração de investidores japoneses para a Zona Especial de Negócios (ZEN-Tocantins Agro) e a implementação da filosofia do sistema Kõmban na Polícia Comunitária do Tocantins foram os principais temas abordados em audiência do governador Marcelo Miranda com o embaixador do Japão, Satoru Satoh. O encontro ocorreu na manhã desta quinta-feira, 23, no Palácio Araguaia.

Marcelo Miranda destacou que a atração de novos empresários japoneses para a ZEN-Tocantins Agro, localizada no entorno da plataforma multimodal de Porto Nacional da Ferrovia Norte-Sul, vai fortalecer a economia do Tocantins e atenderá à demanda de alimentos do Japão. “Com a Tocantins Agro os nossos alimentos chegarão aos mercados internacionais. Também queremos expandir o crescimento do agronegócio no Tocantins e contamos com os investidores do Japão para isso”, afirmou.

Em seu primeiro compromisso oficial fora de Brasília, o embaixador agradeceu a receptividade e destacou os potenciais do Estado. “Tenho certeza que comecei bem, vindo ao Tocantins. Queremos trabalhar juntos para fomentarmos a atração de investidores. Também podemos trocar experiências no setor de educação. Os jovens brasileiros demonstram grande interesse pela cultura do Japão, o que pode ser fomentado com o ensino da nossa língua”, apontou.

Segurança

O embaixador também falou do sistema Kõmban, modelo de Polícia Comunitária adotado pelo Japão, e ressaltou que o país é considerado um dos melhores do mundo em segurança. Nesse sentido, o comandante-geral da Polícia Militar do Tocantins (PM/TO), coronel Glauber de Oliveira Santos, destacou que a Polícia Comunitária do Estado segue a filosofia do modelo japonês. “Temos bases comunitárias em todas as cidades do Tocantins”, disse.

Atualmente, o Governo do Estado, por meio de parceria com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), envia policiais militares para receber treinamento no Japão e na audiência o embaixador garantiu que o Japão vai dar continuidade ao projeto com o intuito de que mais profissionais conheçam o sistema Kõban.

Presenças

Acompanharam a audiência representantes da Associação Cultural Nipo- Brasileira do Tocantins, o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Raimundo Bonfim; secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, Alexandro de Castro; o secretário de Planejamento e Orçamento, Davi Torres; e a subsecretária de Planejamento e Orçamento, Regina Sônia Botelho Martins.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.