O deputado federal César Halum, em entrevista, disse que para o Bico do Papagaio não há outra solução a não ser criar na região uma atividade econômica que permita a todos os municípios se desenvolverem economicamente, criando os empregos necessários para a população local. E, para isto, defende a retomada do Projeto Sampaio. “Não é possível que vamos aceitar que mais de cento e cinquenta e seis milhões de reais que estão colocados neste Projeto Sampaio fiquem aí adormecidos, ‘deitados eternamente em berço esplêndido’, como se tudo fosse normal”, ajuizou.

Na entrevista afirmou que se “tem alguém que deve esta conta, que pague”, mas o Projeto tem que dar continuidade para promover o desenvolvimento econômico da região. “Nós vamos trabalhar decisivamente nos próximos seis meses para isto voltar a acontecer”, garantiu. (VB)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.