Com a equipe técnica reunida, o presidente do Banco do Empreendedor (BEM), Acy de Carvalho Fontes, anunciou que a instituição se prepara para retomar o programa Assistência Financeira ao Servidor Público, linha de crédito específica para servidores públicos estaduais.

Em uma reunião de trabalho realizada na tarde desta segunda-feira, 29, Acy de Carvalho, juntamente com o vice-presidente da instituição, Reghis Santana, conversou com servidores de departamentos ligados à execução orçamentária e financeira, planejamento, jurídico, informática, recursos humanos e diretorias de linhas de financiamento, discutindo as principais diretrizes sobre o novo formato do programa.

O presidente destacou que uma Instrução Normativa está sendo preparada para regulamentar os novos critérios do programa, com taxas e prazos readequados e novas regras para concessão de crédito, preservando a característica do programa, de ser atrativo.

Assistência Financeira ao Servidor

Esta linha de financiamento precisou ficar suspensa durante um ano, explica o presidente, devido ao alto índice de inadimplência ocasionada especialmente por concessões em longo prazo, com baixas taxas de juros a servidores comissionados que foram exonerados com a troca de governo; além da ausência de um sistema de cobrança efetivo.

“Ao longo de 2015, o Banco do Empreendedor esteve trabalhando para reverter esta situação, por isso publicamos uma normativa concedendo descontos nos juros e multas de empréstimos atrasados para os servidores, passamos a notificar judicialmente os devedores e conseguimos atualizar o próprio sistema de controle de dados, que estava inteiramente desatualizado”, explicou Acy de Carvalho, afirmando que agora o próximo passo está sendo normatizar o novo formato do programa para então voltar a reemprestar.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.