Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na noite de quarta-feira, 01, em Araguatins, a Polícia Militar do Tocantins enfrentou a ação delinquente de cerca de trinta criminosos armados, que atentaram contra o quartel da PM na cidade e explodiram a agência do Banco do Brasil do município.

O bando realizou uma ação simultânea, uma parte se dirigiu ao banco, onde explodiu os caixas eletrônicos do local, danificando toda a estrutura do prédio e de alguns estabelecimentos comerciais no entorno. A outra parte do bando bloqueou a unidade da PM na cidade, utilizando uma carreta e dois caminhões. Os criminosos tentaram invadir o quartel, mas foram surpreendidos por uma ação rápida dos policiais militares de serviço no local, com o apoio de equipes de viaturas do serviço ordinário, que entraram pelos fundos do quartel e assim evitaram que ele fosse invadido.

Na ação criminosa os bandidos chegaram a utilizar uma granada, que danificou a estrutura da entrada na unidade militar, além de armamento de grosso calibre. Os policiais militares que atuaram na ocorrência responderam prontamente a ação e não mediram esforços para cessar o ato criminoso. Um militar foi ferido, com um tiro que atingiu o colete, seu estado de saúde é estável.

Civis foram feitos como reféns, e segundo informações preliminares, todos foram libertados e não foram feridos. A quantia levada da agência bancária pelos criminosos ainda não foi calculada. Depois de se depararem com a rápida resposta dos policiais militares da cidade, o bando fugiu da cidade por via aquática e terrestre.

Munições e carregadores apreendidos pela PM em confronto  na estrada próximo a Axixá
Munições e carregadores apreendidos pela PM em confronto na estrada próximo a Axixá

Um novo confronto ocorreu há aproximadamente 15 quilômetros da cidade de Araguatins, em uma estrada de chão conhecida como “Estrada do Centro do Barreto”, que dá acesso à cidade de Axixá e também à Rodovia BR 230. Uma parte dos bandidos se deparou com uma viatura que vinha da cidade de Augustinópolis, momento em que ocorreu troca de tiros e três policiais foram feridos, mas sem gravidade. Os criminosos fugiram do local.

Uma estratégia de reação foi rapidamente definida pela Polícia Militar, que conta com várias equipes de policiais militares no terreno a fim de capturar os envolvidos nessa ação criminosa. Reforço das Unidades da PM da região de Araguaína e Tocantinópolis já estão no local. Policiais militares das Unidades especializadas, Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) e Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) de Palmas também foram deslocados para auxiliar nas buscas. Essas ações acontecem sem prejuízo do serviço ordinário nas demais cidades.

O comandante Geral da Polícia Militar do Tocantins, coronel PM Glauber de Oliveira Santos, que também está em Araguatins para acompanhar a atuação militar, garante que todo esforço está sendo feito a fim de capturar os envolvidos. O comandante esclarece que por questões estratégicas de segurança, informações sobre quantitativo de policiais envolvidos e material logístico não podem ser divulgadas. A Polícia Militar do Maranhão e do Pará também está reforçando as buscas.

“Sinto-me solidário com cada policial militar que participou da ação e que com certeza correu sérios riscos no cumprimento da missão. Solidarizo-me também com os cidadãos da região do Bico do Papagaio e digo, que nós policiais militares, não nos furtaremos em agir em sua defesa e na defesa de nossos irmãos, mesmo que estejamos no descanso do nosso lar, iremos aonde for preciso para que possamos defendê-los”, disse coronel Glauber.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.