Feira pretende movimentar R$ 560 milhões com vendas diretas e financiamentos
Feira pretende movimentar R$ 560 milhões com vendas diretas e financiamentos

Com a finalidade de transferir conhecimento e tecnologia para o crescimento do setor agropecuário no Tocantins, como também ser palco para fechamento de negócios, a Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins) oferece espaços para expositores e investidores de todo o Brasil. O evento este ano será realizado no período de cinco a nove de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas.

“A Agrotins é um portal de entrada e uma grande oportunidade para as empresas apresentarem seus produtos, no mesmo local estarão os produtores e os empresários todos em busca de novas tecnologias para usar no seu negócio, na sua propriedade para gerar rendimentos e lucros, e para melhorar a vida do produtor no campo”, afirma o engenheiro agrônomo da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Fernando Garcia, que destaca ainda que a Agrotins é também um canal para o Estado apresentar suas potencialidades.

Proprietário da empresa Trator Cesar, Cesar Pires de Miranda, expõe na feira desde sua primeira edição, há 15 anos. “A feira para nós é uma grande vitrine e os negócios realizados e os pré-firmados na Agrotins duram ao longo dos meses seguintes e vai até o final do ano. Meu negócio tem crescido bastante, juntamente com o crescimento da produção de grãos e do crescimento do próprio Estado”, destacou. Miranda fala ainda que pretende firmar R$ 2,5 milhões de negócios na edição 2015 da feira.

O gerente de vendas da Formaq, empresa representante da New Holland Máquinas Agrícolas, Alessandro Borges, também está otimista para o fechamento de grandes negócios durante a feira. “A empresa está no Estado há mais de 20 anos e participa da Agrotins desde o início, além de outras feiras e exposições agropecuárias. A importância da Agrotins para a empresa é que nela apresentamos lançamento de produtos, inovação, tecnologia, e alavancamos as vendas, sempre apresentando a qualidade do nosso produto”, ressalta.

O proprietário da Inpal, empresa atuante no ramo de fabricação e distribuição de peças e cardans agrícolas, Lucas Colombo, participa da Agrotins desde 2008. “Logo no primeiro ano de participação a feira nos surpreendeu dobrando o faturamento da empresa. No ano passado, fizemos R$ 14 milhões em pedidos, destes fechamos R$ 7 milhões em negócios provenientes da Agrotins. Para este ano, esperamos vender, somente na feira, R$ 10 milhões, além dos pedidos”, vislumbra.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.