Juri simulado direito
Juri simulado direito

O curso de Direito da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) se destaca no meio profissional como um dos que mais aprova no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), acima da média nacional, apesar de não ter formado nenhuma turma ainda. No último exame os acadêmicos da Unitins alcançaram o índice de 66% de aprovação dos que prestaram a prova, quando a média nacional foi de 30,76%.  Os acadêmicos de Direito da Unitins também vem obtendo bom desempenho em concursos públicos o que segundo a coordenadora do curso professora Josefa Wieczorek, comprova a qualidade da formação.

“Essa é uma prova concreta da qualidade de ensino da Unitins na área do Direito”, assegura o acadêmico do 10º período de Direito Alex Coelho ao avaliar o bom desempenho dos estudantes da Unitins no exame da ordem. Ele, que já foi aprovado na OAB, faz questão de destacar que a maioria dos estudantes da Unitins passou no exame da ordem na primeira tentativa, o que segundo ele, comprova que o curso tem qualidade. Para ele a boa formação se deve a qualificação do corpo docente do curso de Direito, mas também a dedicação dos professores que motiva os alunos a aproveitar o máximo do curso.

Quem também compartilha desta tese é o acadêmico Wallysson Lemos dos Reis Oliveira, do 10º período que também já foi aprovado no exame da ordem e considera que o bom desempenho dos alunos da Unitins no exame e em concursos públicos na área do Direito é reflexo direto do que aprendem em sala de aula. “Vejo que é uma união de esforços, o comprometimento dos professores e o interesse dos alunos que correspondem os desafios da busca  boa formação”, defende o estudante que acredita que esse diferencial será muito importante em termos de competitividade no mercado de trabalho. Wallysson lembra que o Júri Simulado e o Núcleo de Práticas da Unitins são elogiados por profissionais que valorizam a dedicação dos alunos.

“O índice de aprovação do exame da ordem do Curso de Direito da Unitins é importantíssima para dar qualidade ao curso, uma vez que as provas são muito exigidas e nossos alunos, sem aulas de reforço e sem cursinhos conseguem dobrar a média nacional de aprovação. Este fato foi reconhecido por Conselheiros da própria OAB Nacional, em Brasília,  quando tiveram acesso aos resultados’, revela a professora Josefa Wieczorek, coordenadora do curso, que retornou da audiência entusiasmada com o reconhecimento que segundo ela comprova a qualidade do ensino da Unitins.(ascom)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.