Um dos suspeitos de participar do assalto à casa do prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino Gomes Neto (SD), foi preso na noite deste domingo, 4. Durante o roubo realizado nesta manhã, o político e o motorista João Mascarenhas Barros foram baleados. O jovem de 18 anos foi identificado como Mateus Carvalho da Silva. Outros dois suspeitos seguem foragidos. O caso aconteceu no dia do aniversário de Silvino.

A Polícia Militar informou que a prisão foi efetuada por volta das 18h. Os militares que faziam as buscas viram o jovem saindo de um matagal perto da ponte que liga Miracema a Lajeado, onde o carro usado durante a ação foi abandonado.

A polícia disse que ele confessou ter participado do assalto. Policiais militares e civis seguem na região na tentativa de capturar os outros dois suspeitos.

Quando de saúde

Silvino passou por cirurgia no Hospital Geral de Palmas para retirada da bala que ficou alojada em sua barriga, o procedimento cirúrgico foi realizado na tarde deste domingo e correu tudo bem. O estado de saúde do prefeito é estável. (Com: G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.