Os salários atrasados do mês de dezembro de 2016 dos servidores municipais de Colinas vão começar a ser pagos amanhã, foi o que informou, por telefone, o próprio prefeito de Colinas, Adriano Rabelo, ao Diretor de Assuntos Regionais da Regional Norte do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO,) Ronaldo Sérgio.

O pagamento será feito em duas parcelas. A primeira será depositada na conta dos servidores amanhã e a segunda no mês de março.

As negociações foram intermediadas pelo SISEPE-TO através da Diretoria de Assuntos Regionais da Região Norte que, em defesa de seus sindicalizados municipais, enviou ofício (nº 028/2017) e também notificação extrajudicial (nº 012/2017) cobrando providências quanto ao pagamento dos salários atrasados à prefeitura de Colinas.

Nos dias 2 e 3 de fevereiro Ronaldo Sérgio esteve na prefeitura onde cobrou pessoalmente o pagamento dos atrasados.

Cachoeirinha

A prefeitura de Cachoeirinha também definiu a data para pagar os salários atrasados dos servidores municipais.

Nesta quarta-feira, 22, o prefeito Paulo Macedo, informou que o pagamento integral do mês de dezembro será feito em até 5 dias úteis. A data foi definida durante a sessão ordinária de ontem da câmara municipal de Cachoeirinha. O Diretor Regional Ronaldo Sérgio também participou da sessão.

As negociações no município também foram articuladas pelo SISEPE-TO em defesa dos sindicalizados municipais. No dia 6 de fevereiro o Vice-diretor de Assuntos Regionais da Regional Norte, Osamar Fernandes e o assessor jurídico da regional, Luciano Barbosa, foram até o município de Cachoeirinha para discutir o pagamento dos salários atrasados.

Na época o secretário municipal de Administração, Edivaldo Paulino, disse que, além de não realizar o pagamento de dezembro, a gestão anterior também não havia deixado saldo em caixa para quitar os débitos.

Outro lado

O ex-prefeito do município de Cachoeirinha, Erisvaldo Resplande de Araújo, também participou da sessão na câmara e se defendeu. Disse que a informação divulgada pela atual gestão foi equivocada.

Na última sexta-feira, 17, o ex-prefeito esteve na sede do SISEPE-TO em Palmas. Em reunião com o presidente Cleiton Pinheiro, Resplande deu sua versão dos fatos.

O ex-gestor disse que o atraso no salário dos servidores aconteceu porque no dia 29 de dezembro a agência da Caixa Econômica Federal, na qual a prefeitura deposita o pagamento dos servidores, não abriu, deixando a responsabilidade do pagamento para o sucessor. “Nós deixamos o recurso na conta. Era só fazer o pagamento. A folha de dezembro fechou em R$ 161 mil e quando saímos da prefeitura deixamos R$ 232 mil em caixa.”

Resplandes defendeu ainda que entregou a folha de pagamento simplificada no dia 20 de janeiro e o relatório dos restos a pagar em 9 de fevereiro, conforme exigiu a atual gestão.

“O impasse está resolvido. Ficar discutindo de quem é a culpa não vai resolver a situação. A discussão deve ser feita à parte e os culpados punidos na forma da lei. O importante é pagar o servidor que precisa receber o salário e não tem culpa dos problemas da gestão.” Defendeu Ronaldo Sérgio durante a sessão na câmara.

Para o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro, a resolução do problema dos pagamentos atrasados em Colinas e Cachoerinha são exemplo da força e da atuação do SISEPE-TO. “O SISEPE-TO tem estado à frente das negociações nos municípios que se encontram com salários atrasados. Algumas prefeituras já pagaram os atrasados, mas sabemos que outras ainda estão devendo os servidores. O SISEPE-TO não vai deixar seus sindicalizados desamparados. Vamos continuar cobrando até que todas façam os pagamentos.” Declarou Pinheiro.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.