O enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, tem ganhado reforço no interior do Tocantins. Por orientação da Secretaria de Estado da Saúde, todas as sextas-feiras os municípios do Estado estão realizando atividades de mobilização e educação em saúde em suas comunidades.

Em Pedro Afonso na última sexta-feira, 27, foi dia de mobilização. O coordenador de combate a endemias, Raimundo Brito Cardoso, explicou que a mobilização começou pelo setor Canadá, bairro mais carente do município.  “Lá nesse setor o problema maior são quintais sujos. Então fizemos orientações explicando como eliminar criadouros, eliminamos focos e orientamos os moradores sobre medidas caseiras que podem evitar a formação de criadouros. Lá os moradores entenderam e gostaram da visita. Vamos continuar até fazer todos os setores e finalizar a cidade”, completou.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.