Na tarde de hoje, 02, representantes da Fundação e Centro Universitário UnirG estiveram no campus I da Instituição para verificar in loco o andamento da construção das obras.

O intuito da visita foi de tomar conhecimento da atual situação da área para dar continuidade a obra, além de vistoriar o cercamento e a construção da guarita (Leia aqui http://unirg.edu.br/todas-as-noticias/3009-autorizada-a-retomada-das-obras-do-campus-i.html). Na ocasião foram visitados os blocos inacabados, verificada a iluminação da área e a viabilidade e organização do acesso dos alunos à entrada principal.

Entre os presentes estavam o presidente da Fundação UnirG, Sávio Barbalho, a reitora do Centro Universitário UnirG, Drª Lady Sakay, a vice-reitora Ma. Janne Marques, o chefe de gabinete, Ronaldo Soares, a assessora institucional, Gleyvia Batista, o arquiteto da Instituição, Wherbeson Araújo, além do representante da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Ronaldo Fonseca.

De acordo com a reitora, a visita superou a expectativa. “As condições das obras estão mais favoráveis do que imaginávamos. Verificamos que é possível finalizar os espaços de maneira que possamos transferir mais cursos, já que há superlotação em algumas salas de aula do campus II. Precisamos planejar e fazer a migração o quanto antes”, relatou Sakay.

A reitoria disse ainda que a biblioteca poderá também ganhar um novo espaço. “Toda essa análise será apresentada em uma reunião que teremos nesta quarta-feira com os coordenadores de cursos, com quem vamos discutir o assunto”.Para Sávio Barbalho, o campus I é um patrimônio importantíssimo para a Instituição, cuja conclusão a sociedade gurupiense espera há anos. “É de suma importância a finalização desta obra para consolidar a UnirG em um único espaço. Com isso, entre outros benefícios, iremos gerar uma grande economia”, avaliou o presidente.

O presidente disse ainda que a previsão para concluir as obras será o mais breve possível. “Pretendemos dar andamento imediatamente ao processo, para que ainda esse ano possamos transferir alguns departamentos administrativos para o campus. Essa ação somente está sendo possível em razão da Tomada de Contas (confira aqui matéria http://unirg.edu.br/todas-as-noticias/3361-unirg-apresenta-resultados-de-tomada-de-contas-especial-sobre-irregularidades-na-construcao-do-campus-i.html) que realizamos no ano passado, em favor da continuidade das obras”.

Segundo Wherbeson Araújo foi iniciada uma análise do conteúdo dos projetos estruturais. “Mais de 30 salas de aulas serão aproveitadas, além do bloco central que instalará os departamentos. Nossa prioridade é finalizar as obras, pois verificamos que a estrutura dos prédios não está comprometida e não há desgaste que impeça a continuidade da construção. Somente após as licitações será previsto, de fato, o prazo para concluir todo o trabalho”, disse o arquiteto.

No final de fevereiro as obras do cercamento e da construção da guarita devem ser concluídas. “A cerca já foi instalada, apenas estamos finalizando a guarita”, completou Araújo.

Ponto Eletrônico

Durante a visita os professores Lady Sakay, Sávio Barbalho e Janne Marques aproveitaram o momento para realizar o cadastramento do registro da identificação biométrica. O prazo para os docentes regularizar a situação será até 10 de fevereiro.

 

 

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.