A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) lançou, no final de janeiro, edital para seleção simplificada de artigos científicos. A coletânea pretende reunir trabalhos relatando experiências desenvolvidas em órgãos e instituições do sistema estadual de ensino, como escolas, Diretorias Regionais de Educação (DRE) e no âmbito administrativo da Secretaria.

O edital com todas as informações referentes à seleção de artigos está publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 26 de janeiro e pode ser consultado por meio do link http://diariooficial.to.gov.br/.

De acordo com as normas do edital, o objetivo geral da publicação é organizar uma Coletânea do Sistema Estadual de Ensino do Tocantins, “sistematizando ações significativas nos aspectos do ensino e da aprendizagem e da gestão, desenvolvidos nas escolas estaduais e em órgãos do sistema, como a Seduc, o Conselho Estadual de Educação e outros Conselhos ligados à Educação Estadual”.

Podem participar da seleção, os candidatos que pertencerem aos quadros funcionais do Sistema Estadual de Ensino do Tocantins, em cargos ou funções que se enquadrem como profissionais da Secretaria, professores, auxiliares docentes, pessoal administrativo das instituições educacionais do Sistema.

Os trabalhos devem seguir quatro temáticas básicas, sendo elas: Ensino e Aprendizagem no Estado do Tocantins; Pesquisa e Extensão; Experiências e Resultados nas Instituições Educacionais e Histórico da Institucionalização da Educação no Estado.

Todas as publicações serão analisadas por uma comissão avaliadora formada por 24 membros da equipe técnica da Seduc, mais dois professores do corpo docente da Universidade Federal do Tocantins (UFT). Ao todo, serão selecionados 30 artigos que irão compor, futuramente, uma revista científica publicada pela Pasta.

Segundo o superintendente de Tecnologia e Inovação da Seduc, Maurício Reis, o objetivo da seleção é abrir um canal para que os profissionais da educação básica possam fazer publicações científicas sobre experiências aplicadas e vivenciadas nas escolas e na administração educacional. “A educação básica produz muito material interessante, que precisam ser publicados e nós queremos oferecer oportunidade para que esses profissionais tenham um espaço qualificado para suas publicações”, completou.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.