Através de denúncia feita via Disque Denúncia, homens da Polícia Militar se deslocaram até o cemitério desativado que fica localizado no Bairro Rio Verde e encontraram um corpo em avançado estado de decomposição.

De acordo com informações, moradores que moram nas proximidades do cemitério estavam inquietos com um cheiro muito forte e a partir daí, um grupo decidiu ir atrás de algo e acabou encontrando na parte de dentro do cemitério um corpo de um jovem que aparenta ter entre 14 e 16 anos de idade.

Ao chegarem no local, os policiais se depararam com o corpo e ao lado também acharam um par de sandálias, boné e caixa de fósforo.
Imediatamente, homens do Centro de Perícias Renato Chaves fizeram a remoção das partes do corpo e encaminharam ao Instituto Médico Legal (IML)

De acordo com o Delegado Nelson Alves Júnior, responsável pelas investigações do caso, o jovem pode ser sido morto a pedradas, tendo em vista que ao lado de seu corpo foram encontradas várias pedras e o crânio da vítima estava aparentemente rachado. “O corpo foi encaminhado para a realização de exames cadavéricos, porém, tudo leva a crer que a vítima foi morta a pedradas”, relatou a autoridade policial que afirmou que a Polícia Civil fará uma pesquisa para tentar identificar a vítima.(Pebinha de açucar)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.