248961_300Com a proposta de aumentar as oportunidades educacionais aos trabalhadores por meio de cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura divulga nesta sexta-feira, 05, o resultado final dos processos seletivos para as 154 vagas do cadastro reserva, dos editais de nº 01/16 e nº 02/16, ofertadas a profissionais bolsistas, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Para confirmar o resultado, basta acessar http://tecnologia.to.gov.br, no menu Editais.

O Edital nº 01/16, que oferece 90 vagas para o cargo de Professor Regente Presencial, recebeu 102 inscrições, as quais 12 candidatos foram desclassificados.  Os profissionais irão atuar em 32 municípios, tais como Colinas, Pedro Afonso, Peixe, Colméia, Tocantinópolis, Abreulândia, Bernardo Sayão e Axixá. Entre os cursos ministrados estão Agente Cultural, Assistente Financeiro, Criador de Peixes em Viveiros Escavados, Fruticultor, Horticultor Orgânico. O valor da remuneração por hora/aula será de R$ 40,00 para técnicos e R$ 45,00 para graduados e especialistas. Os mestres e doutores receberão R$ 50,00.

Já o Edital nº 02/16, que destina 64 vagas ao cargo de Apoio  Pedagógico/Administrativo Presencial, recebeu 50 inscrições. Destas 23 tiveram candidatos classificados e 27 foram desclassificados. Os candidatos aprovados também serão distribuídos em 32 cidades do Tocantins, dentre elas Arapoema, Paranã, Dois Irmãos, Pium, São Bento, Araguacema, Campos Lindos. Os cursos oferecidos são de Apicultor, Bovinocultor de Leite, Avicultor, Auxiliar de Agropecuária, Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, Agricultor Familiar, Produtor de Mandioca, dentre outros. A remuneração será de R$ 1.440,00, por 20 horas semanais.

Pronatec

Criado em 2011 pelo Governo Federal, o Pronatec tem como objetivo ampliar, expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica no País. Os cursos são oferecidos de forma gratuita, por instituições da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica e das redes estaduais, distritais e municipais de educação profissional e tecnológica, além de instituições do Sistema “S”. No Tocantins a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, é uma dos ofertantes.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.