Divulgação
Divulgação

Uma mulher de 62 anos, identificada por Maria de Jesus Pereira da Silva foi presa nesta segunda-feira, 22, em Araguaína, por descumprimento de pagamento de pensão alimentícia para a neta que vai completar 18 anos. A dívida em aberto gerou a prisão civil da senhora.

Segundo a mulher, seu filho morreu há cerca de treze anos e desde então vem ajudando como pode sua neta, mas disse que nunca pediu recibo de recursos que repassou para a mãe da menina, que entrou com uma ação na justiça pedindo a prisão da idosa por não pagamento da dívida. Maria de Jesus foi levada para a Delegacia de Plantão.

A senhora sofre de sérios problemas de saúde, toma remédios controlados e vive com apenas um salário mínimo. Devido a seu estado, foi feito pelo delegado responsável pelo caso, um pedido de alvará de soltura. A justiça logo compreendeu que devido a esses problemas, suas condições são desfavoráveis para permanência na prisão, e logo foi colocada em liberdade.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.