Em dois dias, Kátia Abreu já percorreu mais de 700 km na região do Bico do Papagaio. A semana de agenda intensa iniciou pelos municípios de Nova Olinda, Wanderlândia, Ananás, Riachinho e São Miguel, nos últimos dias 24 e 25. Kátia Abreu, que é pré-candidata ao Governo do Estado está pautando seu projeto de governo nas necessidades indicadas pela população, por falha de gestão do poder público.

Com a participação de prefeitos, vereadores, produtores rurais, secretários, lideranças, comerciantes, representantes de entidades de classe e populares, todos os problemas relatados e como seria a ação para solucioná-los são descritos em atas e servirão de base para elaboração de um projeto de governo objetivo, que atenda às necessidades de cada munícipio.

“Estou desde de março do ano passado caminhando pelo o estado e ouvindo as pessoas, relatando em ata todos os problemas que atrasam o crescimento do Estado, separado por cidade e área. Não é momento de pedir voto, é o momento de ouvir. Assim, a população participa diretamente na montagem de um projeto de estado para o Tocantins, um projeto que possamos executar se Deus me permitir chegar ao Governo”.

As pautas sempre giram em torno da falta de segurança vivida na cidade, falta de assistência técnica para os pequenos produtores do município, que tem uma grande capacidade rural, infraestrutura, segurança pública, desenvolvimento econômico, saúde, educação e social. Exemplo de problema unânime é a excessiva carga tributária, que impede o crescimento e a geração de empregos. Para combater esse gargalho o projeto precisa ser elaborado de forma que o governo participe como um parceiro, sem beneficiar um ou outro, agir igualitariamente, facilitando e criando situações que fazem o Tocantins um estado industrializado, forte em tecnologia e Inteligência.

Também na ocasião, prefeitos, vereadores e professores solicitaram da pré-candidata e então senadora, recursos para seus municípios como tratores para atender os pequenos produtores rurais, poços artesianos, ampliação de escolas, creches, estrada vicinal, ambulância e muitas outras demandas.

Kátia Abreu segue na região do Bico até dia 31, quando retornará à Brasília para o início dos trabalhos no Senado Federal.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.