Keyla Maria Araújo, 23 anos, foi morta a facadas pelo ex-companheiro/ Foto: Divulgação

Um crime bárbaro chocou os moradores de Porto Franco(MA), na noite dessa sexta-feira, 5. Keyla Maria Araújo, 23 anos, foi morta a facadas pelo ex-companheiro, o vaqueiro, Clodonei da Costa Pereira, 27 anos.

O crime aconteceu na Avenida Tiradentes próximo ao Parque de exposições Agropecuária Alfredo Santos.

Segundo informações, o suspeito se desentendeu com Keila  por não aceitar o fim do relacionamento. Inconformado, o suspeito desferiu várias facadas contra a vítima, que ainda foi socorrida pela equipe do SAMU, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Aderson Marinho de Porto Franco.

Vítima sendo socorrida pela equipe do SAMU /Foto: Divulgação

De acordo com testemunhas, no momento que a vítima estava sendo esfaqueada, um Cabo da PM que está de férias, passava pelo local e teria dado voz de prisão ao suspeito que ainda tentou reagir mas acabou preso em flagrante e levado para o Plantão Central da Polícia Civil.

Keila morava com o filho de quatro anos, na Vila Santo Antônio, em Tocantinópolis e costumava visitar seu pai em Porto Franco (MA).

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.