Foi assinado na manhã desta quinta-feira, 04, no Palácio Araguaia, em Palmas, o contrato com a banca responsável pela organização do concurso da Polícia Militar. O governador do estado, Marcelo de Carvalho Miranda, o comandante geral da PM, coronel Edvan de Jesus da Silva, o gestor da empresa organizadora, Wesley Faria, oficiais, secretários estaduais, autoridades políticas e associações estiveram presentes. A previsão é que o edital seja divulgado na próxima semana.

Na ocasião, o gestor de concursos da AOCP, Wesley Faria, assinou o contrato para que tão logo seja divulgado o edital do certame, que prevê a admissão de 1.000 soldados e 40 oficiais na corporação. Segundo o gestor, “a empresa tem o compromisso em realizar um concurso idôneo e sério, para assim, escolher os melhores policiais militares que irão trabalhar em prol da sociedade”, justificou.

De acordo com o comandante geral da PM, “a assinatura do contrato hoje foi uma junção de forças entre a corporação e o governo do estado para que o certame se concretizasse e que ainda ocorra de acordo com os trâmites legais”.

A previsão é que o edital seja lançado na próxima semana e que a prova intelectual ocorra em março. Para o governador do estado, Marcelo Miranda, “é uma grata satisfação dizer que, a segurança pública tem recebido atenção redobrada desde o início de nossa gestão, tanto na aquisição de equipamentos, de viaturas, e agora, no ingresso de efetivo”, destacou.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.