Raimar, um dos empresários mais ricos da região de Barra do Corda-MA, foi morto com três tiros no bairro Altamira em um posto de combustíveis de sua propriedade na manhã deste sábado, 27.

Raimar era bastante conhecido no Maranhão, ele era considerado o maior agiota da região e era acusado de usar métodos bastante violentos, ameaçadores e aterrorizantes para cobrar vítimas que supostamente lhes deviam, de acordo com informações ele atuava com mais frequência em Barra do Corda onde tinha empresa e propriedades rurais e em Imperatriz.

Em 2016 ele invadiu a residência de uma pessoa que o devia, matou um cachorro e colocou o animal em cima da cama do devedor. Era conhecido pela polícia por usar métodos violentes para fazer as cobranças.

O crime acontece exatamente há pouco mais de um mês do assassinato do ex-prefeito Manoel Mariano de Sousa, o ‘Nenzin’, como era conhecido, morto com um tiro na nuca, no dia 6 de dezembro do ano passado.

Neste caso, foi o próprio filho dele, Manoel Mariano de Sousa Filho, o ‘Júnior de Nenzin’, preso no Complexo Penitenciário São Luís, que atirou no pai pois estava dentro do veículo onde o ex-prefeito foi assassinado, de acordo com laudo pericial. Este inquérito já foi concluído.

Sobre a morte de Raimar ainda não há informações sobre o autor dos disparos. A Policia Civil investiga o caso.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.