Um homem de 49 anos foi detido por policiais militares, logo após cometer roubo a um correspondente bancário, na manhã, desta segunda-feira, 22, em Barrolândia. O autor, que é suspeito de participar de uma quadrilha que rouba agências bancárias no estado, foi detido em posse de uma pistola e mais de R$ 11 mil reais oriundos do crime.

A PM foi acionada por volta das 11 horas, após um indivíduo ter invadido um correspondente bancário na Avenida Bernado Sayão, em Barrolândia. Em posse das informações de testemunhas no local, os policiais militares iniciaram diligências na BR-153, sentido Miranorte, que teria sido o destino tomado pelo autor, que fugiu em uma motocicleta de cor preta.

Ainda na saída de Barrolândia, os militares se depararam com a motocicleta ao chão e tiveram informações de que o suspeito teria sido atingindo por um carro, enquanto fugia. Foi  iniciado então um cerco no matagal, sendo localizada uma pistola calibre 380, utilizada no crime, e o suspeito, com escoriações decorrentes do acidente.

Com ele havia ainda a quantia de R$ 11.135 reais em dinheiro, oriundo do roubo, e 48 munições, sendo que a motocicleta utilizada por ele tinha a placa fria, isto é, clonada de outra moto legalizada. Entretanto, por meio do chassi do veículo, verificou-se que a moto era objeto de furto/roubo.

O autor, dinheiro, motocicleta e arma de fogo foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil, onde se verificou que ele faz parte de uma quadrilha de roubo a agências bancárias no estado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.