Cleiton Soldado representou o estado no Áspera, em Brasília (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Morreu nesta terça-feira, 17, em Palmas, o lutador Cleiton Gonçalves, vítima de um acidente de trabalho. Natural da cidade de Lizarda, no leste do estado, o lutador representava o Tocantins em eventos de artes marciais.

O lutador, que não vivia exclusivamente do esporte, trabalhava na serralheria onde sofreu o acidente há 8 meses. Cleiton Soldado, como era conhecido, morreu depois que uma viga de aço o atingiu na cabeça.

“Um colega me ligou falando que ele [Cleiton] tinha sofrido um acidente, eu perguntei como ele estava e me disseram que ele estava inconsciente. Quando cheguei aqui [serralheria] ele estava morto”, disse o irmão, Clésio.

“Acabou a nossa família, deu nem chance dele sobreviver. Ele tinha duas competições para disputar em março e abril, infelizmente não vai mais acontecer”, afirmou Crispim Silva, professor de Cleiton.

Futuro no MMA

Os irmãos Cleinton e Clésio treinavam juntos e estavam mudando do kickboxing para o MMA. No ano passado viajaram para Brasília-DF representando o Tocantins em um dos maiores eventos das artes marciais mistas do Brasil, o Áspera.

Local onde Cleiton Soldado sofreu o acidente (Foto: Nelio Soares/GloboEsporte.com
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.