Com a ajuda do Corpo de Bombeiros Militar, a Polícia Civil do Tocantins resgatou na manhã desta última sexta-feira de 2016, dois corpos localizados na Serra do Lajeado, próximo ao antigo mirante da serra, lugar de difícil acesso e muito utilizado para práticas esportivas.

De acordo com a Delegada Maria Ribeiro de Sousa Neta, que coordenou a operação, denominada ‘Caça corpos’, foram meses de investigações intensas até chegaram a este resultado. “É sabido que várias delegacias da capital investigam casos de pessoas desaparecidas. No entanto, após a localização de algumas partes de corpos humanos naquela região, (equipes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente – DPCA, da 2ª DP e do IML) planejamos essa operação e tivemos esse resultado de dois corpos localizados”, declarou.

A delegada informou que a pareceria das outras delegacias, bem como do Corpo de Bombeiros foram fundamentais par ao êxito dos trabalhos. “O recolhimento da ossada humana só foi possível com a ajuda do corpo de bombeiros, que utilizaram técnicas de rapel para chegar até o local onde foram encontradas”, esclareceu.

Conforme a Delegada Maria Neta, a fortes indícios de que os corpos sejam de dois adolescentes que estão desaparecidos há cerca de dois meses. “É claro que só poderemos afirmar, com propriedade, após a realização de perícias e exames, o que já foi solicitado”, pontuou a delegada.

Tanto o local, quanto os corpos foram periciados pela equipe técnica da Polícia Científica, sendo os corpos recolhidos por agentes do IML.

Ainda de acordo com a delegada da DPCA, essas mortes serão investigadas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), devido os crânios estarem com perfurações que indicam ser de projéteis de arma de fogo.

Ao todo mais de vinte pessoas participaram das investigações e operação de resgate dos corpos. A equipe de policiais civis foi composta por dois Delegados de Polícia, Peritos Criminais, Agentes de Polícia e Agentes Necrotomia, os quais contaram com o suporte  de 11 Bombeiros Militares, alem de apoio de Policiais Militares.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.