Casal recebeu socorro mas morreu no HRA
Casal recebeu socorro mas morreu no HRA

Um acidente no início da noite deste domingo, 1º, envolvendo um policial militar deixou um casal morto na BR-153, em Araguaína.

Segundo informações de testemunhas, o PM fez vários disparos para cima, no intuito de evitar que curiosos se aproximassem.

O veículo que o militar dirigia seguia no mesmo sentido que a motocicleta que estava o casal. Conforme as testemunhas, na entrada do bairro Nova Araguaína, o carro bateu na motocicleta, que foi arrastada por vários metros. Após, o carro do policial capotou, ele e um passageiro tiveram ferimentos.

As pessoas então se aproximaram, e o policial teria disparado várias vezes para o alto. Testemunhas, que preferem não serem identificadas, disseram que o homem apresentava sinais de embriaguez.

Lucas Alberto Rocha, 23 anos e Brenda Miranda Lima, 25 anos, foram socorridos e levados para o Hospital Regional de Araguaína (HRA), mas não resistiram aos graves ferimentos e morreram ao darem entrada na unidade.

A Polícia Rodoviária Federal foi acionada, por se tratar de um trecho federal. A Polícia Militar confirmou que foi ao local para dar apoio, após ser informada de que houve disparos de arma de fogo.

Ainda conforme a corporação, o policial também foi levado para o HRA para receber tratamento médico. A arma dele foi recolhida e vai passar por perícia.

Veículo envolvido no acidente
Veículo envolvido no acidente
Motocicleta ficou destruída
Motocicleta ficou destruída
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.