Técnicos da Secretaria da Saúde estão no local para auxiliar na contenção da doença

Casos de malária voltaram a aparecer no Tocantins. Nove casos foram confirmados nos 16 primeiros dias deste ano. O Estado que estava pleiteando a eliminação da doença se surpreende com um surto no município de Araguatins, região do Bico do Papagaio. Foram registrados este ano nove casos, sendo sete contraídos dentro do município e dois no estado no Pará. A situação é de emergência, afirma o Gerente de laboratório de Entomologia da Secretaria da Saúde, Rogério Rios. Ele fala sobre as ações que os técnicos da Saúde estão fazendo no local.

As pessoas que contraíram a malária passam bem e tem quadro estável. O momento é de atenção. Rogerio Rios fala sobre os cuidados e os sintomas da doença.

O mosquito que transmite a malária é conhecido como Mosquito Prego. É magro, de pernas longas e não gosta de luz. Sai geralmente para se alimentar em dois horários: de 3h às 6h e de 18h às 22h.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.