248961_300A Agência Tocantinense de Ciência, Tecnologia e Inovação (Agetec), realizou na manhã desta terça-feira, 26, reunião com os aprovados aos cargos de Tutor à Distância, Instrutor Presencial, Professor à Distância e Tutor Presencial, relativa à chamada pública de seleção nº 03/2015, referente ao Processo Seletivo de Ensino à Distância (EaD), para o cadastro de reserva do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A previsão para início das aulas é dia 15 de fevereiro.

Na oportunidade o presidente da Agetec, George Brito, deu as boas vindas aos novos profissionais e reforçou a importância de todos estarem integrados ao Programa. Disse também que a educação profissional é um desafio e uma necessidade muito grande no Estado. Tema repassado a ele pelo governador Marcelo Miranda, no sentido de atender os 139 municípios.

George Brito explicou que recentemente 10 equipes da Agetec percorreu mais de cinco mil quilômetros em todas as regiões do Estado para matricular alunos no Pronatec. “Fomos aos assentamentos, associações de moradores, igrejas, Centro de Referência de Assistência Social (Cras), escolas estaduais, além de prefeituras para realizarmos as matriculas, e conseguimos matricular mais de 3.600 alunos em 83 municípios do Estado”, disse.

O presidente acrescentou ainda. “Há seis meses uma equipe da Agetec trabalha no desenvolvimento das atividades para estes cursos”. E adiantou também. “Estamos com um trabalho junto ao Governo em busca de criar no Tocantins uma Rede Estadual de Educação Profissional, pois precisamos avançar na educação brasileira”, destacou.

A reunião teve como objetivo oferecer esclarecimentos sobre os cursos e suas modalidades. Também durante o encontro os selecionados assinaram o Termo de Compromisso, tiraram dúvidas e receberam orientações sobre o funcionamento do Pronatec. Ocasião que os profissionais também demonstraram expectativa junto ao programa e aos alunos.

Marisilvia Santos é doutora em educação com novas tecnologias educacionais. Ela foi selecionada para o cargo de Professor EaD. Segundo ela, já trabalhou com outros programas, mas é a primeira vez que trabalha com o Pronatec. “Sei que o ensino à distância não é simples porque os alunos devem se disciplinar em relação ao tempo, como horários de estudo. Mas com as tecnologias à disposição como o celular e o tablet fica bem mais favorável independente do tempo e do lugar. Já conheço a plataforma Moodle e espero encontrar alunos empenhados”, considerou.

O biólogo Douglas Martins da Costa irá atuar como Tutor Presencial. Ele já trabalhou com EaD no laboratório da Universidade Federal do Tocantins (UFT) em Araguaína e está entusiasmado. “Terminei recentemente o mestrado em agroenergia e pretendo repassar para meus alunos através do Moodle as experiências que acumulei”. Já Cristina Oliveira será Tutora à Distância, ainda não tem experiência com essa modalidade, mas está confiante. “Há três anos dou aulas para o ensino superior e estou muito animada porque gosto muito de lecionar. Independente de ser presencial ou à distância, acho que será uma ótima experiência”, concluiu a professora.

No período vespertino no espaço de informática da Unitins, os aprovados receberam capacitação sobre a plataforma de Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

Pronatec

Em 2015, a Agetec abriu dois editais para seleção de cadastro reserva do Pronatec. Um deles para 400 profissionais bolsistas dos cursos profissionalizantes para atuarem em 45 municípios. E o outro para 800 vagas,  ampliando esse número para 83 municípios. Atualmente são 52 turmas presenciais e mais 160 turmas de cursos à distância, em 57 cursos pactuados. Entre 2014 e 2015, 5.830 alunos concluíram cursos profissionalizantes. Cerca de 1.500 alunos estão frequentando cursos que estão em andamento.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.